Resenha- Lua das Fadas

Livro: Lua das Fadas
Autora: Eddie Van Feu
Editora: Escala
Titulo original: Lua das Fadas 
Ano de lançamento: 2011
Número de páginas:263

Sinopse-
Depois que a melhor amiga Analice desaparece misteriosamente, Bianca recebe estranhas pistas de que ela possa estar no Mundo das Fadas. Buscando ajuda do anjo encarregado do reino dos elementais do Ar, Rafael, Bianca acaba conseguindo como guia o anjo Zacariel, que não parece muito confortável nesta missão.
Antes de tudo, eles precisam conseguir o Elixir de Tir Nan Og com a Rainha Paralda, sem o qual Bianca virará pó quando (e se) voltar para seu próprio mundo. Em seu caminho, eles encontram fadas, ninfas, sereias, sátiros, elfos e cidades de humanos desaparecidos, sempre tentando evitar a temida Corte Unseelil, o terror do Reino das Fadas. Mesmo discutindo quase o tempo todo, Bianca e Zacariel precisam unir forças para sobreviver e encontrar Analice, enquanto tentam compreender seus próprios sentimentos e descobrir quem afinal está guiando quem e para onde.

Resenha- 
A princípio foi um livro que me chamou atenção, justamente pelo seu estilo, voltado para criaturas místicas e de uma certa forma a religião Wicca. Sua escritora é brasileira e praticante de magia, adepta ao Wiccanismo e tem o conhecimento dos mundos elementais e sobre os seus habitantes. No livro é citada uma Lua Azul, que de fato existe, se não me engano, de dois em dois anos ocorre uma e é chamada Lua Azul uma segunda lua cheia em um mesmo mês e pode ser que dependendo da atmosfera, se adequada, a lua adquire um brilho azulado.A última ocorreu nos dias 2 de agosto e 31 de agosto de 2012.
Para quem se interessa pelos assuntos do misticismo e sobre essa religião, além dos seres que participam do enredo da história, irá apreciar muito este livro que traz descrições muito interessantes e até rituais utilizados na magia das Wiccas, como recitar versos em Latim ou recorrer a feitiços elementais e aos seres de origem nos mundos elementais. Descreve o mundo das fadas como um mundo magnífico mas perigoso aonde sem ajuda a pessoa acabaria jamais saindo de lá ou caindo em uma armadilha. As descrições dos seres e locais são muito ricos em detalhes e fazem com que a pessoa imagine as coisas lindas ou horrendas de lá. Além das descrições, há também algumas gravuras dos seres e até desenhos de um caderno que Bianca desenha(irei colocar as minhas preferidas no final).
A narrativa é em primeira pessoa, sobre oque Bianca vê e pensa no mundo das fadas. É uma aventura que para os apreciadores do gênero prende e o faz querer aprender mais sobre estes seres e mundos.
Após a história que se passa com Bianca, no final do livro há algumas crônicas que explicam melhor o porque que o anjo não gosta muito da ideia de ir ao mundo das Fadas e também a história de sua trajetória até se tornar um anjo.


2 comentários:

  1. Parece um livro infantil legal, recomendarei p minha irmãzinha obg ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. An desculpe mas não é um livro para crianças, aliás seu conteúdo como envolve misticidade, bruxaria eu não recomendaria para crianças. mas tudo bem né enganos acontecem, e ás vezes não ficou esplicito na resenha ;)
      Bjss

      Excluir

- Não xingue nem ofenda sem sentido
- Não aceito ''Seguindo segue de Volta?'' APENAS se tiver um comentário com ligação com o Post
- Deixe o link do seu blog, queremos visita-lo
- Sem spans ou correntes
Obrigada ♥