Resenha- Mordida



Livro: Mordida
Autora: Meg Cabot
Editora: Galera Record
Titulo original: Overbite
Data de lançamento nacional: 2012
Número de páginas: 306

sinopse
"Todo mundo já deu um passo maior que as pernas...e Meena sabe bem disso. Apesar de seu dom sobrenatural e mesmo depois de encontrar alguém que o valorize, ela sabe que foi longe demais ao se envolver com Lucien. E por quê? Porque ele é um vampiro? Porque ele é o filho do Drácula? Porque ela não consegue esquecer aquela mordida ou... todas as alternativas acima?
 Mas tudo isso é passado. Agora, graças a sua habilidade de prever quando alguém vai morrer- tá, nem todo mundo aprecia esse tipo de informação, mas até que enfim algum potencial dela foi reconhecido-, Meena foi contratada pela Guarda Palatina, uma unidade secreta do Vaticano especializada em caçar vampiros."

resenha
 Eu demorei para  finalizar este livro, devido a correria das provas do meu colégio uma pena...
 Mordida se inicia seis meses depois dos acontecimentos de Insaciável; agora Meena trabalha para a Palatina e sua função é simples: avisar os companheiros de trabalho quando sua hora chegar, mas é claro que ela também foi treinada para matar a espécie que o seu amado pertence. E parece que agora é a hora que ela vai mais precisar deste treinamento, alguém transformou David Delmonico -seu ex-namorado- e é obvio que ele vai atrás dela, mas acaba sendo salva por Lucien que a vem observando desde um tempo. Mas o problema é que a mulher de David também sumiu, e para ajudar a família de seu ex, Meena acaba indo para Nova Jersey com Alaric e Holtzman seu empregador.
 Já em NY de novo, Meena descobre que uma série de acontecimentos estranhos estão sendo feitos: vários turistas estão desaparecidos, sendo que ninguém sabe o paradeiro deles, e um padre novo está sendo recrutado para cuidar de uma paróquia, o estranho é que Alaric odeia o cara alegando que ele fugiu quando tinha que ajudar; e Lucien que está mais sombrio, determinado em ser mau...
 É muita coisa né, eu gostei muito deste livro, quando eu conseguia pegá-lo para lê-lo eu lia bem rápido, sendo que ele é bem mais fino que Insaciável, a história se passa praticamente em três dias e é muito rápido o desenrolar da trama, ás vezes até meio apressado. Em Insaciável tínhamos uma pequena dose de humor, mas em Mordida isso desaparece, fica um clima mais sombrio, ainda tem, mas são bem raras as cenas com humor... A narração continua em terceira pessoa, só que agora os capítulos se concentram mais em Meena e Alaric, alguns capítulos são narrados pelo irmão de Meena: Jon, Lucien, Mary Lou e Emil primos do Antonesco. A capa é bonita, mas acho que a do primeiro é mais, o livro está dividido em 4 partes.
 Em Mordida temos os mesmos personagens só que mais maduros, que já sabem lidar com o destino que lhes foi arrumado, Meena já lida melhor com o seu dom e já se aceita do jeito que é; Não gostei nenhum um pouco da mudança de Lucien e isso foi a base de minha irritação, e Alaric bem, ele é o meu personagem preferido dos dois livro. Aqui temos a entrada do padre Henrique Mauricio, que aliás é "brasileiro", mas eu não gostei dele, digamos que este personagem é um pouco suspeito...
 E o final me fez chorar, fazia um bom tempo que eu não lia um livro que me faz chorar, achei muito injusto e triste até certa parte, mas mesmo assim, não posso falar nada senão vira spoiler, mas eu não gostei do fim que alguns personagens ganharam... Acho que não terá continuação, pois não ficou muitas pontas soltas, e bem não consigo imaginar o que teria na continuação, se tivesse é claro. Meg Cabot é uma excelente autora que consegue nos prender desde a primeira página até os agradecimentos, então é claro que eu recomendo ler estes dois livros, se você quer um livro sobrenatural mais clássico, mas mesmo assim moderno;)

Bjsss, Manu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Não xingue nem ofenda sem sentido
- Não aceito ''Seguindo segue de Volta?'' APENAS se tiver um comentário com ligação com o Post
- Deixe o link do seu blog, queremos visita-lo
- Sem spans ou correntes
Obrigada ♥