Resenha- Terra de Sombras



Livro: Terra de Sombras
Autora: Alyson Noël
Editora: Intríseca
Titulo original: Shadowland
Data de lançamento nacional:
Número de páginas:

sinopse
"Ever e Damem atravessaram diversas vidas e enfrentaram os mais terriveis inimigos com um só objetivo: ficar eternamente juntos. E quando esse sonho está ao alcance das mãos, um poderoso feitiço cai sobre Damem. Agora para ele, simplesmente tocá-la ou encostar os lábios nos dela significaria a morte, o exilio definitivo em uma terra de sombras.
 Desesperada por livrá-lo da maldição, Ever mergulha de corpo e alma na magia e encontra uma ajuda inesperada: um surfista chamado Jude. Apesar da profunda lealdade a Damem, é inevitável que ela se sinta atraída por esse garoto estranhamente familiar, de olhos verdes, dons mágicos e passado misterioso..."

resenha
p.s.: poder conter spoilers do livro anterior!

 Depois do final de Lua Azul, a maldição que Romam jogou sobre Damem acaba afetando Ever, que não o pode tocar de verdade, pois se isso acontecer corre o risco de seu amado morrer; Damem continua ensinado tudo que sabe sobre a imortalidade para Ever. Por outro lado Ever ainda tem que esconder seus poderes de sua tia Sabine e isso não tem ajudado na relação delas e romam ainda continua a infernizar suas vidas e para piorar mais um pouco, Haven parece que está cada vez mais próxima do vilão, e Ever que insiste em ir atráz do imortal, achando cada vez mais encrenca...
 Mas o casal não fica sem se tocar, Damem encontra uma forma para eles terem pelo menos um relacionamento, mas não se pode ultrapassar os limites senão o escudo que o protege desaparece. E na tentativa de encontrar o antidoto Ever vai trabalhar em uma loja, e acaba encontrando Jude, um rapaz simpático, com quem ela sente uma forte ligação. Ainda tem mais as gêmeas Romy e Rayne que não tem para onde ir...
 Bem, Terra de Sombras é o que eu menos gostei, não sei se foi porque eu li o livro muito rápido, mas sinto que a história perdeu um pouco o ritmo. Mas a leitura continua agradável, com a entrada de vários elementos, e digamos que a relação do casal amadureceu, ficou mais interessante, só neste ivro pude ver o quanto casal principal se ama, mas como sofrem com esse amor que se tornou proíbido. A narração continua em primeira pessoa e aos meus olhos não encontrei nenhum erro ortográfico, os capitulos estão bem divididos e a capa eu acho linda, retratando o objeto principal em cada livro. O titulo do livro, a verdade é o lugar que os imortais vão, depois que morrem, o lar das almas perdidas...
 Os personagens estão mais maduros, com novos problemas para superar. Ever a garota teimosa, ela conseguiu me irritar neste livro, mas também achei admirável a busca incessante dela pelo antídoto, ela e Haven se desintendem cada vez mais. Milles ainda dá o toque de humor que a história precisa. Jude, eu não sou muito fã dele, mas ele ajuda a Ever em vária situações. Romam, sério este é um dos vilões mais malvados que eu já vi, e repito ele é muito cruel, só que parece que em cada livro a crueldade dele aumenta de nível; Damem está passando por uma fase um pouco diferente, mais sossegado, fazendo ele mudar no começo do livro.
 Bem Terra de Sombras, é o terceiro livro da série Os Imortais, o qual aqui tem as resenhas dos dois primeiros livros, e para completar a resenha separei um quote que definiu bem este livro...

"Ever não somos defindos por nossas coisas. Nem pelas roupas que usamos, os carros que dirigimos, os objetos de arte que adquirimos... Não é onde vivemos, mas como vivemos é o que nos define" (página 86)

Bjsss, Manu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Não xingue nem ofenda sem sentido
- Não aceito ''Seguindo segue de Volta?'' APENAS se tiver um comentário com ligação com o Post
- Deixe o link do seu blog, queremos visita-lo
- Sem spans ou correntes
Obrigada ♥