Resenha- Amada Imortal



Livro: Amada Imortal
Autora: Cate Tiernan
Editora: Galera Record
Titulo original: Immortal Beloved
Data de lançamento: 2012
Número de páginas: 279

Sinopse
Primeiro livro de bem-sucedida trilogia, mistura fantasia sobre imortais a uma história moderna de jovem em busca de si mesma e de redenção. Questões de identidade e moralidade aparecem na trama, protagonizada pela imortal Nastasya. Nascida em 1551, acostumada a beber e sair para baladas cada vez mais loucas, ela perdeu o rumo. Suas conexões com outros imortais, interessados apenas em suas habilidades mágicas, a fazem partir em busca de um propósito. E o encontra em uma espécie de clínica de reabilitação para os de sua espécie, onde conhece um pouco mais sobre o próprio passado e cria importantes laços para o futuro. 

resenha
 Nastasya é uma imortal, embora com a aparência de uma garota com 18, ela já passou dos quatrocentos anos. E precisa de ajuda. Depois de ver seu melhor amigo Innocencio machucar um simples motorista de táxi, e o seu grupo de amigos (imortais) nem dar bola, Nasty, cai na real. A forma como ela está vivendo não é nenhum pouco saudável. Não liga mais para a sua aparência, sempre em boates, quase nunca sóbria, e Inci que utilizou magick para ferir, aonde ele tinha aprendido aquilo, e pior será que ele sabe alguma coisa dela?
 Então, para tentar ser melhor, ela busca abrigo em River's Edge, uma casa de ajuda para imortais "rebeldes". E chegando lá, a primeira pessoa que ela encontra é Reyn, ou também conhecido como deus viking, Nasty tem quase toda certeza que o conhece de algum lugar, e pior porque ela o enxerga como um monstro de seu passado obscuro?
 Adorei, é muito bom! Quando eu comprei Amada Imortal, já tinha passado toda aquela febre na blogosfera, então eu estava bem menos empolgada para a leitura, pois já tinha lido tantos livros bons, que deixei Amada Imortal de lado. Mas quando comecei a leitura, desanimei. Deixem-me explicar, o inicio é um pouco lento, mas isso só vai até o segundo capitulo. No entanto não deixem ler os dois primeiros capítulos! É simplesmente aonde Nasty nos explica o que é ser um imortal, e como sua vida vem sendo...
 A leitura é viciante, depois que Nasty chega em River's Edge, não conseguia mais parar de ler, a narração é em primeira pessoa, contada do ponto de vista de Nastasya, literalmente; a personagem troca ideias com o leitor, e esse foi um dos pontos mais agradáveis da leitura, pois a personagem sempre colocava um "pouquinho" de sarcasmo na narrativa, deixando o livro com mais humor. A capa é linda e misteriosa com as rosas vermelhas. Não encontrei nenhum erro de ortografia durante a leitura, a autora soube conduzir a história até o final, não se perdeu em nenhum ponto e sempre deixando o leitor curioso para o próximo capitulo.
 Os imortais desta série, são pessoas que vivem por muito tempo, e que podem escolher ser Terävä ou Tahti. Os Terävä, utilizam a magick negra, para fazer o mal, sugando a energia dos que estão perto, e os Tahti são os que escolheram usar magick, mas sem querer machucar ninguém.
 Gostei de todos os personagens. Nasty, a primeira impressão que temos dela, é que é uma menina mimada, que quer tudo na mão, festeira e irônica, e bem ela é assim, mas foi o tempo que a deixou desse jeito, atrás desta fachada encontramos um menina que foi esquecida por todos, que teve muitas perdas em sua loonga vida, que perdeu todos da sua família, sofreu abortos, perdeu maridos e amigos... Enfim, é então que vemos que ela é uma personagem muito forte e ao mesmo tempo sensível, porém tem medo de amar e ser feliz.
 River é a dona da "clinica", e é muito fofa, desempenhando o papel de mãe, amiga, irmã, conselheira... A sua clinica é um pouco diferente, lá todos trabalham, fazem por merecer. Reyn, o deus viking, é reservado, que não fala muito, bonito e misterioso e claro mexe com os sentimentos da Nastasya. No entanto seu passado também é carregado de muita dor e sofrimento, de perdas e arrependimento. E bem, Inci, foi o que menos apareceu ao decorrer da história.
 Amada imortal, é o primeiro de uma trilogia, e nos ensina uma lição, (pelo menos pra mim), viva o presente, mas não tente esquecer o seu passado, ele é quem você é. Com um final, que faz agente ansiar pela continuação, que só será lançada em maio de 2013 e que tem como o titulo em inglês ainda: Darkness Fall, eu recomendo muito a leitura.

Bjsss, Manu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Não xingue nem ofenda sem sentido
- Não aceito ''Seguindo segue de Volta?'' APENAS se tiver um comentário com ligação com o Post
- Deixe o link do seu blog, queremos visita-lo
- Sem spans ou correntes
Obrigada ♥