Resenha- A Garota da Capa Vermelha



Livro: A Garota da Capa Vermelha
Autora: Sarah Brakley
Editora: iD Editora
Titulo original: Red Riding Hood
Data de lançamento nacional: 2011
Número de páginas:364

sinopse
"Era uma vez uma garota que ia se casar com um um ferreiro. Era uma vez um lenhador que queria fugir com ela. Era uma vez um lobo...
 O corpo de uma garota é descoberto em um campo de trigo. Em sua carne, marcas de garras. O lobo havia quebrado a paz. O inverno chegou mais cedo. Depois que Valerie descobre que a irmã foi morta pela lendária criatura, sua vida mergulha de forma irreversível na maldição que assola a aldeia há gerações. Uma revelação chega com Father Solomon, exterminador de lobisomens: a fera é um dos habitantes da aldeia. Todos se tornam suspeitos. Estaria, Peter, sua paixão de infância, envolvido nesses ataques? Ou seria Henry, seu noivo, o lobisomem? Ou talvez, alguém mais próximo... Extremamente próximo..."

resenha
 Eu li este livro quando estreou o filme, que aliás é muito bom...
 As coisas andavam calmas na aldeia de Daggohorn, até que  o lobo volta a atacar e não se contenta em pegar animais indefesos, ele voltou e agora ataca a pequena população do vilarejo. E uma das primeiras vitima é Lucie, a irmã mais velha de Valerie, cuja encontra a irmã em um celeiro, já morta, não há dúvidas de que foi o lobo, mas quem é o lobo? Como se não bastasse, os pais de Valerie arranjaram um casamento para ela, com Henry, que era a paixonite de sua irmã, Valerie não quer casar, ainda mais quando Peter, seu amigo de infância volta para a aldeia, eles tem uma ligação muito forte, e acabam sustentando um amor proibido...
 Faz um bom tempo que eu li este livro, então não me culpem se esta resenha não ficar uma das melhores... Bem, gostei do livro, achei diferente a historia, não pelo assunto porque lobisomens já estão bem conhecidos, mas esta história é baseada nos contos de antigamente, quando o lobisomem ainda era um ser assustador e não uma espécie de novo príncipe, sendo que a base da história é o conto de fadas que todo mundo já leu: A Chapeuzinho Vermelho, mas não se engane, não é chatinho igual ao conto, na verdade são poucos os elementos que ligam uma história a outra, o que eu estou tentando dizer é que tem poucas coisas parecidas, esta versão é bem mais misteriosa, sombria e podemos dizer até sexy.
 No começo da leitura é confuso, porque começa com Valerie pequena e depois pula para ela já com 17, eles dão uma pausa é claro, mas mesmo assim é confuso, se tornando até chato, ás vezes, mas depois a leitura pega um ritmo impossível de largar o livro. A narração é em terceira pessoa o que colaborou para deixar um pouco confuso, mas em compensação os capítulos são muito bem divididos, com "desenhos" nas páginas. A história é muito bem dividida em três partes, e o livro começa com um prefácio escrito pela Catherine Hardwicke, a diretora do filme, que também dirigiu Twilight, para o cinema.
 O final da leitura é bem misterioso, claro que ficou um gostinho de quero mais, mas não sei se terá continuação, o filme é bom e não deixa escapar quase nada do livro. No final do livro, tem um pouquinho de cada um dos autores e da diretora e a história começa com um trecho bem misterioso...

Bjsss, Manu.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Não xingue nem ofenda sem sentido
- Não aceito ''Seguindo segue de Volta?'' APENAS se tiver um comentário com ligação com o Post
- Deixe o link do seu blog, queremos visita-lo
- Sem spans ou correntes
Obrigada ♥