Resenha- Eu Sou O Número Quatro


Livro: Eu Sou o Número Quatro
Autor: Pittacus Lore
Titulo Original: I'm Number Four
Editora: Intrínseca
Nº de Paginas:355
Data de lançamento nacional:2011

Sinopse
"Nove de nós vieram para cá. Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Mas não somos vocês. Conseguimos fazer coisas que vocês apenas sonham em fazer. Temos poderes que vocês apenas sonham ter. Somos mais fortes e mais rápidos do que qualquer coisa que já viram. Somos os super- heróis que vocês idolatram nos filmes e nos quadrinhos- porém, somos reais.
 Nosso plano era crescer, treinar, ser mais poderosos e nos tornar apenas um, e então combatê-los. Mas eles nos encontraram antes. E começaram a nos caçar. Agora, todos nós estamos fugindo. Vivemos nas sombras, em lugares onde nunca seremos procurados, tentando não ser notados. Vivemos entre vocês sem que vocês saibam.
 Mas eles sabem."

resenha
 Demorei horrores para fazer a resenha deste livro, pois eu o tinha lido há um bom tempo e relembrar a história foi meio difícil. Acho que criei uma expectativa muito alta, como acontece algumas vezes...
 Jonh, veio de outro planeta, o qual é chamado de Lorien, ele veio quando ainda era criança com outras oito crianças e seus protetores. Jonh e Henri (o protetor de Jonh) vivem fugindo com medo de serem pegos pelos Mongadorianos, a raça que quer destrui-los e também tomar o nosso querido planeta. Até que eles param em Ohio, uma cidade com poucos habitantes. Jonh entra em uma nova escola, mas existe um problema: os poderes dele estão começando a aparecer e não são lá muito discretos, como exemplo: as mãos dele começam a brilhar na cor azul.
 Ele conhece a Sarah Hart uma garota que adora tirar fotos e é dona de um site da escola. Eles se envolvem, mas tem o ex- namorado dela que é um saco e não deixa eles muito em paz. O casal tem uns momentos bem fofos juntos... Jonh começa a treinar seus poderes com seu protetor, para poder se defender dos Mongadorianos. Jonh também faz amizade com Sam, um garoto nerd e que teve o pai morto misteriosamente.
 A narração é em primeira pessoa, mas digamos que a história vai perdendo o ritmo, não que não tenha mais ação porque é da metade pro final que têm mais ação, mas vai ficando meio cansativa a leitura, (ou quem sabe era eu que estava cansada?=/)
 Bem, o final ele é cheio de ação, e a leitura se torna mais fácil, e tem a entrada de uma nova personagem: A Número Seis... Ela é cheia de atitude, e acho que é uma das minhas personagens preferidas.
 Eu sou o número quatro, já tem filme e na minha opinião, é muito bom, ele é uma daquelas produções que é fiel ao livro. O livro tem a sequência O Poder dos Seis, que já foi lançada no Brasil.
 Bjsss, Manu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Não xingue nem ofenda sem sentido
- Não aceito ''Seguindo segue de Volta?'' APENAS se tiver um comentário com ligação com o Post
- Deixe o link do seu blog, queremos visita-lo
- Sem spans ou correntes
Obrigada ♥