Resenha- O Ladrão de Raios











Livro: O Ladrão de Raios
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Titulo Original:
Data de lançamento nacional:2009
Número de páginas: 402

sinopse
 E se os deuses do Olimpo estivessem vivos em pleno século XXI? E se eles ainda pudessem se tornar heróis? Segundo a lenda da Antiguidade, a maior parte deles, marcados pelo destino, dificilmente passa da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua indentidade.
 Percy Jackson está para ser expulso do colégio interno...de novo. É a sexta vez que isso acontece. Aos dozes, esta é apenas uma das ameaças que pairam sobre esse garoto, além dos efeitos de transtorno do déficit de atenção, da dislexia... E das criaturas fantasticas e Deuses do Monte Olimpo, que ultimamente, parecem estar saindo dos livros de mitologia grega do colégio para a realidade. E, ao que tudo indica estão aborrecidos com ele.
 Vários acidentes e revelações inexplicáveis afastam Percy de Nova York, e o lançam em um campo de treinamento muito especial, onde é orientado para enfentar uma missão que envolve humanos diferentes- metade deuses, metade homens- além de seres mitológicos. O raio- mestre de Zeus fora roubado e é Percy que deve resgata-lo.
 Com a ajuda de novos amigos, Percy tem dez dias para reaver o instrumento de Zeus, que representa a destruição original, e restabelecer a paz no Olimpo. Para conseguir isso, precisará fazer mais que capturar um ladrão. Terá que encarar o pai que o abandonou, resolver um enigma proposto pelo oráculo e desvendar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses."
resenha
 Esses dias peguei alguns livros que eu já tinha lido, para fazer as resenhas para vocês, e entre eles estava O Ladrão de Raios, da série Percy Jackson e os Olimpianos. Então aí vai.
 Percy é um menino "problemático" que vive trocando de escola. Quando pode, passa alguns dias com sua mãe e seu padrasto chato. Até que um dia sua turma vai visitar o museo... Sua professora se transforma em um ser de outro mundo, que o ataca. Ele conta para Grover, seu melhor amigo, que lhe fala que nunca existiu esta tal professora, Percy quase acredita nisso, mas a dúvida ainda o cerca, ele começa a ouvir conversas estranhas entre seu professor, o Sr Brunner e Grover.
 Então ele vai passar o verão com a mãe, e na noite na praia, Grover aparece no lugar desesperado, Percy descobre que o amigo é um sátiro (metade bode, metade homem)... mas eles não têm tempo para conversar pois o Minotauro (sim, aquele touro gigante) está atrás de Percy, eles tentam fugir, mas o monstro acaba alcançando eles, Percy consegue derrotar o Minotauro, mas a sua mãe desaparece junto com o monstro...
 Depois de acordado Percy descobre que está no Acampamento Meio-Sangue, ele é um semideus, e que todos aqueles mitos de Deuses do Olimpo existem. Ali, ele descobre que é filho de Poseidon, o Deus dos Mares, ele acaba conhecendo Annabeth uma semideusa, filha de Atena- deusa da sabedoria e conhece Luke filho de Hermes- deus dos ladrões. É então que uma missão lhe é designada e Annnabeth, Percy e Grover têm que achar o raio mestre de Zeus e provar que ele não o roubou.
 A narração é em primeira pessoa, e a leitura é fácil e flui. Os personagens são muito legais e nenhum pouco enjoativos. Eu adorei este livro, o jeito como o autor soube aproveitar a história da Antiguidade sem deixa-la chata, e sim muito interessante... Tem o filme O Ladrão de Raios, mas sinceramente acho que eles viajaram um pouco.
 Mas enfim eu adorei este livro, já li a série inteira e prometo que vou postar logo, logo as resenhas das continuações...
Bjsss, Manu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Não xingue nem ofenda sem sentido
- Não aceito ''Seguindo segue de Volta?'' APENAS se tiver um comentário com ligação com o Post
- Deixe o link do seu blog, queremos visita-lo
- Sem spans ou correntes
Obrigada ♥